Resenha

Livro: Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32813/2179-1120.2020.v13.n1.a612

Palavras-chave:

Resenha, Metodologia da Pesquisa, Cartografia Social

Resumo

O Livro Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade organizado por Eduardo Passos, Virgínia Kastrup e Liliana da Escóssia é uma obra de 207 páginas, em oito capítulos denominados por “Pistas” que são estruturados no formato de coletânea de artigos, resultado da produção de pesquisa dos professores do Departamento de Psicologia da Universidade Federal Fluminense e do Instituto de Psicologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro orientadas pelos fundamentos teóricos de Gilles Deleuze e Félix Guattari  a partir da obra Os Mil Platôs publicada em 1995. Apresenta um diálogo metodológico que discute sobre as lacunas das pesquisas quantitativas e qualitativas, visto que ambas podem constituir práticas cartográficas, desde que garantam acompanhamento de processos. E neste ponto tem-se o principal fundamento sobre a pesquisa com base no método da cartografia social, quer dizer, o processo da investigação orientado por um método igualmente processual. A perspectiva da obra não é definir regras ou protocolos de passos metodológicos de pesquisas, traz diversos estudos que apresentam pistas para o entendimento sobre a cartografia social que respeita as especificidades da autoria e dos diversos contextos de investigações. Por fim, seus artigos oportunizam a compreensão da expressão do método na prática com articulação teórica da pesquisa-intervenção, entendendo que, exprimem parâmetros importantes para todos que queiram compreender o método cartográfico e desenvolver pesquisa nesta fundamentação metodológica, como pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação das diversas áreas implicadas com as ciências sociais.

Biografia do Autor

Daniela Lopes Oliveira Dourado, UNEB DCHT Campus XVI e Faculdade Irecê

É Mestre em Educação de Jovens e Adultos pela Universidade do Estado da Bahia - UNEB Campus I. Especialista em Metodologia do Ensino Superior (UNEB) e Especialista em Gestão de Pessoas (FACIBA). É Pedagoga pela Universidade do Estado da Bahia UNEB DCHT Campus XVI. Coordena o grupo de Pesquisa CONPEEJA - Conjunturas de Pesquisas e Estudos em Educação de Jovens e Adultos/ CNPQ. Professora Substituta UNEB Campus XVI dos cursos de Pedagogia (Componentes de Estágio e Avaliação Educacional) e Administração (Metodologia Científica e Produção Textual). É professora dos cursos de Enfermagem (componente Capacitação Pedagógica), Engenharia Civil e Direito (Metodologia Científica e Produção Textual) da Faculdade Irecê - FAI. É consultora em educação e em gestão de pessoas pela ATHUS Consultoria e Gestão de Pessoas LTDA. É membro da ONG Instituto de Permacultura em Terras Secas IPETERRAS. É membro do Conselho Municipal de Educação em Irecê.

Referências

PASSOS, Eduardo; KASTRUP, Virgínia; ESCÓSSIA, Liliana da (orgs.). Pistas do método da cartografia: Pesquisa-intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulinas, 2015.

Publicado

2020-04-30